Arizona

Arizona


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Arizona, o estado do Grand Canyon, alcançou a condição de estado em 14 de fevereiro de 1912, o último dos 48 Estados Unidos contíguos a ser admitido na união. Originalmente parte dos territórios espanhol e mexicano, a terra foi cedida aos Estados Unidos em 1848 e tornou-se um território separado em 1863. O cobre foi descoberto em 1854, e a mineração de cobre foi a principal indústria do Arizona até a década de 1950. Após a Segunda Guerra Mundial, a ampla disponibilidade de refrigeração e ar condicionado fez com que a população do Arizona crescesse e Phoenix se tornasse uma das cidades de crescimento mais rápido da América. O Arizona é o sexto maior estado do país em termos de área. Sua população sempre foi predominantemente urbana, principalmente desde meados do século 20, quando as áreas urbanas e suburbanas começaram a crescer rapidamente em detrimento do campo. Alguns estudiosos acreditam que o nome do estado vem de uma frase basca que significa "lugar dos carvalhos", enquanto outros o atribuem a uma frase indiana Tohono O’odham (Papago) que significa "lugar da jovem (ou pequena) primavera".

Data do Estado: 14 de fevereiro de 1912

Capital: Fénix

População: 6,392,017 (2010)

Tamanho: 113.990 milhas quadradas

Apelido (s):Grand Canyon State

Lema: Ditat Deus (“Deus enriquece”)

Árvore: Palo Verde

Flor: Flor de Cacto Saguaro

Pássaro: Cactus Wren

Fatos interessantes

  • Formado pelo Rio Colorado ao longo de um período de 3 a 6 milhões de anos, o Grand Canyon do Arizona tem 447 quilômetros de comprimento, até 18 quilômetros de largura e 1,6 km de profundidade. Quase 5 milhões de pessoas visitam o Parque Nacional do Grand Canyon a cada ano.
  • O Arizona tem a maior porcentagem de sua área designada como terra tribal indígena nos Estados Unidos.
  • Oraibi, uma aldeia indígena Hopi que remonta a pelo menos 1150 DC, é considerada o assentamento continuamente habitado mais antigo dos Estados Unidos.
  • A flor oficial do estado é a flor do cacto Saguaro. A flor desabrocha em maio e junho no meio da noite e fecha no dia seguinte - sobrevivendo apenas 18 horas para a polinização por animais noturnos como morcegos e mariposas. A flor cresce no cacto Saguaro, que pode atingir mais de 15 metros de altura e viver por mais de 200 anos.
  • Índios Navajo do Arizona foram recrutados para transmitir comunicações secretas para os fuzileiros navais dos EUA depois que os japoneses bombardearam Pearl Harbor em 1941. Conhecidos como Navajo Code Talkers, esses jovens criaram um código oral que o inimigo foi incapaz de decifrar, desempenhando um papel crucial durante a Guerra Mundial II e salvando inúmeras vidas.
  • O Arizona é um dos dois únicos estados dos EUA que não seguem o horário de verão. A única exceção é a área ocupada pela Nação Navajo na região nordeste do estado.
  • O clima e a geografia diversificados do Arizona podem produzir as temperaturas mais altas e mais baixas do país no mesmo dia.
  • A bandeira do Arizona apresenta uma estrela cor de cobre, reconhecendo o papel do estado como o maior produtor de cobre dos Estados Unidos.

GALERIAS DE FOTOS













A Convenção de História do Arizona

Desde 1960, a Convenção de História do Arizona oferece um fórum para a disseminação de pesquisas originais e a discussão de tópicos da história do Arizona. Realizado todo mês de abril em locais rotativos em todo o estado, todos os interessados ​​na história do Arizona, do Sudoeste ou da região fronteiriça são incentivados a participar. A Convenção oferece um excelente espaço para historiadores profissionais, estudantes de graduação, historiadores de carreira e qualquer pessoa interessada em história para se encontrar, apresentar suas pesquisas e discutir os tópicos importantes do passado do Arizona.

Obrigada

Os patrocinadores da Convenção de História do Arizona são muito importantes. Queremos agradecer às seguintes organizações por seu apoio contínuo: Arizona Historical Society, Arizona State Library, Archives and Public Records, Arizona State Parks, Arizona State University, Friends of The Journal of Arizona History, Heard Museum, Northern Arizona University, Salt River Project, Sharlot Hall Museum, True West Magazine, University of Arizona.


História do Arizona e População

Mais de 25.000 anos atrás, os índios Navajo e Apache nômades fizeram sua presença após a queda das civilizações Anasazi e Hohokam. Esses índios foram seguidos no século 16 por alguns caçadores de tesouro espanhóis do México. Isso incluiu Francisco Vázquez de Coronado, que estabeleceu a reivindicação do México na área.

O que agora é considerado Arizona, tornou-se parte do estado mexicano de Vieja Califórnia após a independência do mexicano da Espanha em 1821.

A história do Arizona nos diz que os Estados Unidos tomaram posse da maior parte do Arizona ao término da Guerra Mexicano-Americana em 1848. Então, em 1853, as terras abaixo do rio Gila foram obtidas do México por meio do contrato de compra de Gadsden. O Arizona recebeu parte do território do Novo México até que fosse organizado em um território separado em 24 de fevereiro de 1863.

Se você prestou atenção ao Arizona, provavelmente sabe que a população do estado do Arizona cresceu rapidamente nas últimas décadas. Alguns dos condados aqui são os de crescimento mais rápido nos Estados Unidos e mostram pouco ou nenhum sinal de desaceleração do crescimento.

Estima-se que um quinto da população fale espanhol e cinco por cento sejam índios americanos nativos. Os índios americanos nativos incluem as tribos Navajo, Apache, Hopi, Papago e Pima.

o história do Arizona remonta a muitos anos e certamente inclui sua agricultura, que atraiu muitos colonos para a área. Hoje, no entanto, às vezes é mais conhecido por suas minas, eletrônicos, vida selvagem do deserto, aeroespacial e, certamente, o turismo, com ênfase especialmente no golfe e no sol contínuo.

Use a caixa de pesquisa abaixo para encontrar rapidamente o que você está procurando!


História

Você é um fã de história? Então é melhor você planejar tornar sua estadia no Arizona mais longa.

De ruínas de índios americanos, fortes militares históricos e missões brancas imaculadas pontilhando a paisagem a intrincadas mansões vitorianas, tribunais ornamentados e distritos inteiros do Velho Oeste no coração da cidade, há algo para preencher cada era da história humana.

Uma variedade de museus e monumentos contam a história local por meio de exibições educacionais, artefatos e exposições interativas.

Hotéis históricos do Arizona

No início do século 20, a ferrovia, as estradas abertas e as viagens aéreas trouxeram um novo tipo de visitante ao Arizona. O conhecido e.

Muito antes de o Arizona se tornar um estado, as pessoas eram atraídas pelo belo clima e pelas vistas deslumbrantes da região. Traçando pelo menos 12.000 anos.

Museus de arte, cultura e história pontilham o estado do Arizona, oferecendo muito para ver e explorar. O estado está repleto de museus excepcionais.


A vida de um estado: uma linha do tempo da história do Arizona

Apoie a voz independente da Phoenix e ajude a manter o futuro dos Novos Tempos livre.

Muito antes de sermos oficialmente um estado, o Arizona estava fazendo história & mdash e não totalmente ruim, embora parte disso certamente beira o inacreditável. Em 1910, um xerife do condado de Maricopa com o nome de Carl T. Hayden participou da primeira perseguição automobilística conhecida. Ele pegou os bandidos e usou a boa imprensa com grande vantagem, ganhando uma cadeira no Congresso e se tornando o primeiro senador dos EUA com sete mandatos. Pegue isso, xerife Joe. Saímos deste projeto desejando que fosse o bicentenário do estado, porque certamente poderíamos ter continuado com mais 100 momentos na história do Arizona. Não chegamos a mencionar a honestidade de Bob Corbin e rsquos, a sagacidade de Erma Bombeck e rsquos, strass de Glen Campbell e rsquos ou o cabelo de Rose Mofford e rsquos, sem mencionar a bravura de Pat Tillman e rsquos. Este estado é jovem e às vezes imaturo & mdash uma bagunça em andamento, gostamos de dizer & mdash, mas as pessoas aqui acreditam no que acreditam com paixão (e às vezes com vingança) e, sem dúvida, é um lugar fascinante para chamar de lar.

1913: Um padre é ferido durante uma explosão de dinamite em uma igreja Morenci. Ninguém é pego, mas um "jovem mexicano" é culpado.

1914: As mulheres no Arizona têm o direito de votar, anos antes do resto do país.

1917: Starr Daley, suspeito de assassinato / estupro, é linchado perto das Montanhas da Superstição após uma perseguição em Tempe e Mesa.

1917: O "Zimmerman Telegram" & mdash uma mensagem secreta da Alemanha ao México oferecendo para devolver o Arizona à nação para ajuda na Primeira Guerra Mundial & mdash é enviada.

1919: Furiosos com a falta de empregos, turbas brancas atacam pessoas de cor na próspera cidade mineira de Bisbee.

1922: O terreno é iniciado para o Templo Mórmon de 113.000 pés quadrados em Mesa.

1922: A arquiteta Mary Colter projeta edifícios do Phantom Ranch na parte inferior do Grand Canyon.

1926: Passando por Phoenix com uma amiga, Babe Ruth dá um show de home run para algumas crianças perto de um campo de algodão.

1927: C & eacutesar Ch & aacutevez nasceu em Yuma.

1928: Começa a construção do Castelo Tovrea em Phoenix.

1928: Leone Jensen pula do telhado do Hotel San Carlos em Phoenix e supostamente começa a assombrar o estabelecimento.

1929: Os Detroit Tigers realizam o primeiro acampamento de treinamento de primavera no Valley.

1930: O astrônomo Clyde Tombaugh descobre Plutão no Observatório Lowell em Flagstaff.

1930: A assassina Eva Dugan perde a cabeça & mdash literalmente & mdash durante sua execução sendo enforcada em Florença.

1932: A infame "assassina de baú" Winnie Ruth Judd é condenada.

1935: A Represa Hoover é dedicada. Noventa e seis pessoas morreram durante sua construção.

1939: Taliesin West de Frank Lloyd Wright é concluído.

1940: O astro do cinema mudo Tom Mix rola seu carro chique em uma lavagem a seco perto de Florença e morre. Agora é conhecido como "Tom Mix Wash".

1941: O USS Arizona é afundado pelos japoneses no ataque a Pearl Harbor.

1942: Milhares de nipo-americanos são "realocados" para campos de internamento ao redor do Arizona.

1944: Os prisioneiros de guerra alemães escapam do Parque Papago de Phoenix na maior fuga da época.

1948: Um OVNI teria caído no sopé do pico Squaw em Phoenix.

1948: Os nativos americanos do Arizona conquistam o direito de voto.

1948: A Phoenix Street Railway, lançada em 1887, interrompe o serviço.

1952: Lua de mel de Ronald e Nancy Reagan no Arizona Biltmore em Phoenix.

1953: Phoenix desagrega suas escolas públicas.

1953: A primeira franquia do McDonald's no país é inaugurada na Avenida Central em Phoenix.

1953: A polícia realiza uma operação contra polígamos na cidade de Colorado.

1954: The Wallace e Ladmo Show estreia e egraveres na KPHO-TV.

1955: Oklahoma! (o filme) é filmado no Arizona.

1960: O desenvolvedor Del Webb estreia Sun City e 100.000 pessoas comparecem às cerimônias de abertura. A história é capa de Tempo.

1963: O parque de diversões Legend City é inaugurado na Van Buren Street, em Phoenix.

1964: O senador americano Barry Goldwater concorre à presidência, mas perde.

1967: O cavalo Monkees em Phoenix, se apresentando no Veterans Memorial Coliseum durante sua primeira turnê.

1968: O Phoenix Suns atingiu a quadra pela primeira vez. (Um ano depois, o Suns perdeu uma moeda ao ar pela chance de contratar Lew Alcindor, ainda não conhecido como Kareem Abdul-Jabbar.)

1969: Big Surf, a primeira piscina de ondas do país, é inaugurada em Tempe.

1970: Novos tempos é fundada em Tempe.

1970: A construção do futurístico Arcosanti de Paolo Soleri começa perto da junção de Cordes. Ainda não foi concluído.

1970: A fonte de água homônima de Fountain Hills se torna a mais alta do mundo, mantendo essa distinção por mais de uma década.

1971: A "assassina de tronco" Winnie Ruth Judd libertada da custódia pela última vez.

1974: Gary Tenen e Randall Tufts descobrem as Cavernas Kartchner no sul do Arizona.

1975: Ruby, o "paquiderme da pintura", torna-se um fenômeno do zoológico de Phoenix.

1975: O primeiro McDonald's drive-thru do país é inaugurado em Sierra Vista.

1976: O representante dos EUA, Mo Udall, concorre à presidência, mas perde.

1976: República do Arizona O repórter Don Bolles morre depois que uma bomba detona em seu Toyota em um estacionamento da Central Phoenix.

1976: Ernesto "Miranda Rule" Miranda é assassinado perto do futuro local de Chase Field em Phoenix.

1978: NBC vai ao ar o filme Um fogo no céu, apresentando um cometa que aniquila Phoenix.

1978: Heróis de Hogan estrela Bob Crane é assassinado em Scottsdale após uma apresentação de teatro com jantar.

1981: Sandra Day O'Connor se torna a primeira mulher na Suprema Corte dos EUA.

1981: O Arizona se torna o primeiro estado a oeste do Mississippi a autorizar uma loteria.

1982: O âncora de notícias da KOOL-TV (Canal 10), Bill Close, é mantido como refém enquanto estava no ar em Phoenix.

1983: Um grupo de igreja do sul do Arizona se envolve em um tiroteio fatal com os deputados do xerife em Miracle Valley.

1983: A Guarda Nacional interrompe uma greve de um ano na mina de cobre Clifton-Morenci.

1985: A legislatura do Arizona vota para aumentar a idade para beber de 19 para 21.

1986: O artista Keith Haring cria um mural de 125 pés no centro de Phoenix.

1986: Poucos meses após o desastre nuclear de Chernobyl, a Estação Geradora Nuclear de Palo Verde é inaugurada a oeste de Phoenix como a maior instalação desse tipo no país.

1987: A Convergência Harmônica traz milhares de pessoas a Sedona.

1987: Glenn Beck se muda para Phoenix para trabalhar como DJ na estação Top 40 Y-95 (KOY-FM).

1987: Papa João Paulo II celebra missa no Sun Devil Stadium em Tempe.

1987: O dono do restaurante Jack Durant morre, deixando sua casa para um bulldog inglês chamado Humble.

1987: A Arizona State University vence o Michigan e vence o Rose Bowl.

1988: Barry Goldwater disse a Larry King da CNN que ele acredita que o governo está retendo informações sobre OVNIs.

1988: O governador Evan Mecham sofre impeachment por ser uma vergonha para o estado.

1988: O ex-governador Bruce Babbitt concorre à presidência, mas perde.

1989: Dois "artistas" são presos em Phoenix por destruir uma planta de mandioca semelhante à Virgem Maria.

1989: O escândalo de poupança e empréstimo Keating 5 inclui dois políticos do Arizona e os senadores americanos Dennis DeConcini e John McCain.

1990: Uma enorme armação policial de Phoenix apelidada de "AzScam" acerta na loteria, prendendo vários membros do Legislativo.

1991: Nove budistas são assassinados em estilo de execução em um mosteiro de West Phoenix. Inicialmente, os suspeitos errados foram acusados ​​dos assassinatos.

1991: Biosfera 2 começa a experiência de selar oito pessoas do mundo por dois anos. Isso dura vários dias.

1992: Os voos para a lua prometidos anteriormente pelo agente de viagens Joe Arpaio (antes de ser xerife) não decolam como prometido.

1992: Charles Barkley chega a Phoenix para jogar basquete, anuncia que não é um modelo exemplar. (Ele tem razão!)

1992: Um adolescente bêbado morre depois que o saguaro que ele atirou perto de Fountain Hills cai e o esmaga.

1992: O Arizona se torna o único estado em que os eleitores aprovam o Dia de Martin Luther King.

1993: O centro de liberação Last Chance da Nordstrom, o único no país, é inaugurado em Phoenix.

1995: Timothy McVeigh, de Kingman, é acusado de atentar contra o prédio federal de Oklahoma City, que matou 168 pessoas. McVeigh mais tarde foi executado.

1995: O Parque Nacional do Grand Canyon fecha pela primeira vez devido a uma crise no orçamento federal.

1997: O governador J. Fife Symington III é condenado por sete crimes de fraude bancária e forçado a renunciar ao cargo.

1997: Milhares (incluindo Symington) veem luzes estranhas no céu noturno sobre as teorias da conspiração das "Luzes da Fênix" em Phoenix abundam.

1997: A Universidade do Arizona venceu o Kentucky para ganhar o campeonato masculino de basquete da NCAA.

1998: Linda McCartney morre no Rancho McCartney em Tucson aos 56 anos.

1999: Dan Quayle, que passou grande parte de sua infância no Arizona e atualmente é residente de Paradise Valley, concorre à presidência, mas perde.

1999: O Arizona se torna o primeiro estado a ter cinco mulheres & mdash, os chamados Fab Five & mdash, nos principais cargos.

2000: Gannett compra o República do Arizona da família Pulliam.

2000: O senador norte-americano John McCain concorre à presidência, mas perde.

2001: O presidente Bill Clinton perdoa o ex-governador Symington como agradecimento tardio por um resgate por afogamento em Cape Cod.

2001: Hani Hanjour voa em um avião para o Pentágono em 11 de setembro. Ele recebeu treinamento de vôo em Phoenix.

2001: O Arizona Diamondbacks derrotou o New York Yankees em uma das maiores World Series já disputadas.

2002: Melhores da Arizona State University Playboylista das principais escolas partidárias do país.

2002: A cabeça do grande jogador do beisebol Ted Williams está congelada no laboratório da Alcor Cryonics em Scottsdale.

2003: Lori Piestewa de Window Rock é a primeira mulher e a primeira nativa americana a morrer na invasão do Iraque pelos EUA.

2003: A dona de casa mórmon Stephenie Meyer de Glendale tem um sonho que o leva ao sucesso de vendas Crepúsculo série de livros / império.

2005: Scottsdale se torna o primeiro lugar onde se pode transformar as cinzas em um diamante.

2007: O xerife Joe Arpaio anuncia na CNN que é uma honra ser comparado ao Ku Klux Klan.

2010: O projeto de lei 1070 do Senado aterroriza os arizonenses de pele escura e polariza a nação.

2010: Pausa ouvida em todo o mundo, enquanto Jan Brewer tenta juntar as palavras durante um debate governamental.

2010: A represa em Tempe Town Lake estoura.

2010: Os eleitores do Arizona aprovam uma iniciativa de maconha medicinal que abrem imediatamente as lojas de fumo.

2011: Jared Loughner atira contra 19 pessoas perto de Tucson, matando um juiz federal e ferindo gravemente a representante dos EUA Gabrielle Giffords.

2012: Giffords renuncia ao cargo, abraça colegas republicanos.

2012: A governadora Jan Brewer balança o dedo na cara do presidente Barack Obama durante sua campanha em Chandler.

Mantenha o Phoenix New Times grátis. Desde que começamos Phoenix New Times, foi definida como a voz livre e independente da Phoenix e gostaríamos de mantê-la assim. Oferecendo aos nossos leitores acesso gratuito a uma cobertura incisiva de notícias, comida e cultura locais. Produzindo histórias sobre tudo, de escândalos políticos às novas bandas mais quentes, com reportagens corajosas, escrita elegante e funcionários que ganharam tudo, desde o prêmio Sigma Delta Chi da Sociedade de Jornalistas Profissionais até a Medalha Casey de Jornalismo Meritório. Mas, com a existência do jornalismo local sob cerco e os retrocessos nas receitas de publicidade tendo um impacto maior, é importante agora, mais do que nunca, reunir apoio para financiar nosso jornalismo local. Você pode ajudar participando de nosso programa de associação "Eu apoio", o que nos permite continuar cobrindo o Phoenix sem acesso pago.


Arizona - História e Cultura

O Arizona irradia uma cultura quintessencial do sudoeste à primeira vista. No entanto, o que torna este canto do país tão único é sua empolgante mistura de influências nativas americanas, mexicanas, de fronteira e contemporâneas. Das ruas movimentadas de Phoenix às antigas habitações de penhascos indígenas nativos, o Arizona possui uma cultura eclética que sem dúvida ultrapassa a dos outros 49 estados.

História

O Arizona foi viajado pela primeira vez pelos europeus nos séculos 14 e 15, quando exploradores espanhóis se aventuraram na área vindos do México. A maioria dessas expedições foi realizada para fins de colonização e missionários. O México se libertou da Espanha em 1821, um evento que viu a área do Arizona cair sob a jurisdição da Nova Califórnia (Neuve Califórnia).

Após a Guerra Mexicano-Americana em 1847, os Estados Unidos controlaram grande parte da extensão atual do Arizona sob o Território do Novo México. A região sul do Arizona (adquirida do México na Compra Gadsden de 1853) separou-se do território como um estado confederado durante a Guerra Civil Americana. Não foi até 14 de fevereiro de 1912, que o Arizona se tornou o último estado continental a alcançar a condição de Estado.

O boom econômico do Arizona começou com a indústria de mineração do século 17. Muitos milhares de migrantes que procuram ficar ricos nos campos de ouro e prata do oeste dos Estados Unidos se estabeleceram no Arizona durante este período. Algodão, cobre e pecuária tornaram-se estímulos econômicos vitais durante o final dos anos 1800 e início dos anos 1900. A famosa cultura do "oeste selvagem" do Arizona cultivada a partir desta expansão de fronteira.

As indústrias da pecuária e do cobre tiveram dificuldades durante a Grande Depressão, mas felizmente o turismo já havia começado a florescer. Após a virada do século 20, a ferrovia Santa Fe alcançou o rio Colorado, abrindo esta área notável aos olhos americanos pela primeira vez. Ao longo das décadas que se seguiram, o Grand Canyon do Arizona se tornou o símbolo icônico dentro do estado, e o turismo rapidamente se tornou o centro da economia do Arizona.

O Arizona aumentou significativamente sua população e estabilidade econômica no pós-guerra com a migração de aposentados. O clima quente, a criação de ar-condicionado e as principais redes de água em todo o estado tornaram a vida mais confortável para os aspirantes locais. Um olhar detalhado sobre o passado do Arizona pode ser encontrado no Museu de História do Arizona (949 East 2nd Street, Tucson), enquanto a herança pioneira do estado pode ser rastreada na Mansão Riordan de Flagstaff (409 West Riordan Road, Flagstaff).

Cultura

A cultura do Arizona é uma mesmerizante miscelânea de influências dos estados vizinhos. Phoenix é o coração e a alma do Arizona contemporâneo, mas é mais conhecido por suas paisagens desérticas únicas, marcos naturais e influências mexicanas. A culinária do Arizona personifica uma mistura de misturas ocidentais e mexicanas, enquanto o artesanato nativo americano é profundamente evidente em toda a paisagem.

É possível desfrutar de passeios pelos locais dos nativos americanos ao visitar os principais assentamentos como Phoenix, Tucson e Flagstaff. No entanto, a cultura de viagens do Arizona deriva de seu clima ensolarado e seus pontos de referência moldados pela Mãe Natureza. Aventuras ao ar livre no Parque Nacional do Grand Canyon, San Francisco Peaks e a Cratera do Meteoro aguardam os turistas durante todo o ano.


Ouro descoberto na Califórnia. A Trilha de Gila se torna uma das principais rotas para os campos de ouro.

O acordo de 1850 tornou possível o estabelecimento do Território do Novo México, que incluía o atual Arizona.

Os americanos começam a navegar no Rio Colorado em um vapor. O Corpo de Engenheiros Topográficos do Exército começa a inspecionar o Arizona.

A compra de Gadsden dá ao Arizona a terra desde o rio Gila até o limite atual.

Os dragões americanos (cavalaria) ocupam Tucson. Os arizonanos começam a peticionar por um status territorial separado.

Os camelos de Beale e as linhas da diligência "Jackass Mail" cruzam o Arizona Fort Buchanan estabelecido no Sonoita Creek.

Butterfield Overland Stage Line atravessa o Arizona.

Período de descobertas de ouro, Rio Gila, Rio Colorado e Montanhas Bradshaw.

O Caso Bascom coloca o Exército contra os Apaches Chiricahua. A Guerra Civil começa e os postos militares dos EUA são abandonados na parte do Território do Novo México no Arizona.

Os Estados Confederados da América reivindicam o Arizona como território confederado.

A batalha em Glorieta Pass, Novo México, termina o avanço dos confederados para o oeste.

Fort Bowie é estabelecido em Glorieta Pass. A batalha em Picacho Pass, perto de Casa Grande, é chamada de batalha mais ocidental da Guerra Civil.

A Coluna da Califórnia ocupa o Arizona para a União.

A batalha de Apache Pass entre California Column e Apaches é a maior da história do Arizona.

Território do Arizona é estabelecido. Capital provisório estabelecido em Fort Whipple.

O presidente Abraham Lincoln nomeia autoridades territoriais do Arizona.

John A. Gurley é nomeado governador territorial, mas morre antes de assumir o cargo. Substituído por John N. Goodwin.

Autoridades territoriais prestam juramento de posse em Navajo Springs, Arizona, em 29 de dezembro.

Walker Party descobre ouro nas montanhas de Bradshaw.

A festa de Weaver-Peeples descobre ouro de aluvião em Rich Hill.

Wickenburg encontra um rico filão na Vulture Mine.

O capitólio territorial muda de seu local provisório em Camp Whipple para Prescott. Quatro condados originais são criados (Yuma, Yavapai, Pima e Mohave).

Capitólio territorial muda-se de Prescott para Tucson.

John Wesley Powell explora o Grand Canyon.

Age of Silver floresce na indústria de gado ao ar livre.

O General Crook subjuga os Apaches e Yavapais centrais do Arizona.

A prisão territorial é inaugurada em Yuma.

O capitólio territorial se move de Tucson de volta para a prata Prescott descoberta nos depósitos de cobre da Tombstone encontrados em Bisbee.

A cidade de Phoenix incorpora a Southern Pacific Railroad que atravessa o sul do Arizona.

A ferrovia Atlantic & amp Pacific (Santa Fe) cruza o norte do Arizona.

O cobre substitui o ouro e a prata em importância econômica no Arizona.

O capitólio territorial muda de Prescott para Phoenix. Os legisladores se reúnem temporariamente nas câmaras da Prefeitura de Phoenix.

Moses H. Sherman e Marcellus E. Collins, de Phoenix, doam dez acres de terra para um capitólio territorial.

Phoenix ligada por ferrovia às linhas ferroviárias do norte e do sul.

Rough Riders lutam em Cuba. Residente do Arizona, William "Buckey" O'Neill é morto em combate em San Juan Hill.

A construção começa em um novo edifício do capitólio em Phoenix concluído em 1900 a um custo de aproximadamente $ 136.000.

Edifício do Capitólio dedicado em 25 de fevereiro.

Frank Murphy constrói a "ferrovia de montanha impossível de Bradshaw".

Formada a Associação dos Usuários de Água de Salt River, a primeira desse tipo no país.

O referendo sobre o Estado conjunto Arizona-Novo México é rejeitado no Arizona por uma votação de 16.265 a 3.141.

A Lei de Capacitação do Arizona aprovada pela Convenção Constitucional do Congresso atende que a população do Arizona excede 204.000 na véspera da criação de um Estado.

A represa Theodore Roosevelt concluiu a admissão dos vetos do presidente Taft ao Arizona sobre a destituição dos juízes. O Arizona concorda em fazer as mudanças necessárias em sua constituição.


Arizona - HISTÓRIA

Antes da chegada dos europeus, o Arizona foi colonizado por várias tribos nativas americanas, incluindo Hopi, Pueblo, Zuni, Apache, Mohave e Navajo. Os Navajo viviam em casas em forma de cúpula chamadas hogans e se tornaram famosos por seus cobertores tecidos. Os Pueblo viviam em edifícios de barro de adobe que às vezes eram construídos na encosta de uma colina ou caverna. Acredita-se que uma aldeia Hopi chamada Oraibi tenha sido estabelecida já em 1150 DC e é provavelmente a cidade mais antiga habitada continuamente nos EUA.


Parque Nacional do Grand Canyon
por Gary M. Stolz

O primeiro europeu a chegar ao Arizona foi o padre espanhol Marcos de Niza em 1539. Ele foi seguido por exploradores em busca de ouro, bem como por mais padres em busca de estabelecer missões. Eventualmente, os espanhóis começaram a construir assentamentos permanentes, incluindo Tubac em 1752 e Tucson em 1775.

Tornando-se parte dos Estados Unidos

Após a Guerra Mexicano-Americana, os Estados Unidos ganharam o controle de grande parte do sudoeste, incluindo o Arizona. Eles compraram o terreno por US $ 15 milhões como parte do Tratado de Guadalupe Hidalgo, que foi assinado em 1848. Um terreno adicional foi acrescentado ao sul do Arizona em 1853 por meio da Compra de Gadsden.


Phoenix, Arizona por John Sullivan

No início da Guerra Civil, o Arizona fazia parte do Território do Novo México. Quando a guerra começou, o Arizona separou-se dos Estados Unidos e ingressou na Confederação. O Arizona enviou homens e suprimentos para apoiar os estados confederados. A batalha mais ocidental da Guerra Civil foi travada na Batalha de Picacho Pass entre soldados da União da Califórnia e soldados confederados de Tucson, Arizona.

Em 1863, o presidente Lincoln assinou um projeto de lei tornando a metade ocidental do Território do Novo México um território separado denominado Arizona. Em 14 de fevereiro de 1912, o Arizona foi admitido como um estado. Foi o 48º estado e o último dos 48 estados contíguos a ser admitido.

A história do Arizona está repleta de histórias do Velho Oeste antes de grande parte da área ser colonizada. Talvez a história mais famosa seja o lendário tiroteio no O.K. Coral que incluía os pistoleiros Wyatt Earp e Doc Holliday. Aconteceu em Tombstone, Arizona e foi tema de muitos filmes de Hollywood. Arizona também foi o local de muitas batalhas entre os colonos e nativos americanos liderados por chefes de guerra famosos como Cochise e Geronimo.


Cratera de Meteoro do Arizona por D. Roddy

História no Arizona

História antiga - O Arizona é o local das culturas mais antigas da América do Norte e um dos dois mais antigos assentamentos continuamente habitados nos Estados Unidos - a aldeia Hopi de Oraibi, que teve habitantes por cerca de 1.000 anos. No entanto, a habitação humana da região data de mais de 11.000 anos, na época em que os Paleo-índios conhecidos como Clovis habitavam o sudeste do Arizona. Ferramentas de pedra e pontas de flechas do tipo creditado aos Clovis foram encontradas no sudeste do Arizona, e um local de matança de mamutes tornou-se uma importante fonte de informação sobre essas pessoas, que estavam entre os primeiros habitantes da América do Norte.

Existem poucos registros dos próximos 9.000 anos da pré-história do Arizona, mas por volta de 200 d.C., bandos errantes de caçadores-coletores fixaram residência em Canyon de Chelly na parte norte do estado. Hoje, esses primeiros Arizonanos são conhecidos como os Puebloans Ancestrais. O período mais antigo de Puebloan Ancestral, que se estende de 200 a 700 d.C., é definido como o Período do fabricante de cesta devido ao grande número de cestos encontrados em ruínas desde essa época. Durante o período do Basket Maker, os Puebloans Ancestrais abandonaram a caça e a coleta e passaram a cultivar milho, feijão, abóbora e algodão no solo do cânion.

Durante o Período Pueblo (700–1300), os Puebloans Ancestrais começaram a construir pueblos de vários andares e moradias em penhascos. Apesar de décadas de pesquisa, ainda não está claro por que os ancestrais puebloans começaram a viver em nichos e cavernas no alto das paredes dos penhascos dos cânions da região. Pode ter sido para conservar as terras agrícolas à medida que sua população crescia e exigia colheitas maiores, ou para proteção contra enchentes. Seja qual for o motivo de sua construção, eles foram todos abandonados por volta de 1300. Não está claro por que as aldeias foram abandonadas, mas um estudo de anéis de árvores indica que houve uma seca severa na região entre 1276 e 1299, talvez os Puebloans Ancestrais tenham saído em busca de terras agrícolas mais férteis. Keet Seel e Betatakin, em Monumento Nacional Navajo, assim como as muitas ruínas no Canyon de Chelly, são os locais de Puebloan Ancestrais mais bem preservados do Arizona.

Durante o período do Puebloan Basket Maker, o Cultura sinagua começou a se desenvolver no planalto fértil a nordeste da atual Flagstaff e ao sul no vale do rio Verde. Os Sinagua, cujo nome em espanhol significa "sem água", construíram seus pueblos de pedra principalmente em colinas e mesas como as de Tuzigoot perto de Clarkdale e Wupatki perto de Flagstaff, ambos agora preservados como monumentos nacionais. Eles também construíram moradias em penhascos em locais como Walnut Canyon e Castelo de Montezuma, ambos também monumentos nacionais. Em meados do século 13, Wupatki havia sido abandonado e, no início do século 15, Walnut Canyon e pueblos na região do baixo Vale Verde também estavam desertos.

Já em 450 DC, o Cultura hohokam, da qual o Sinagua provavelmente aprendeu a irrigação, havia começado a cultivar os vales de Gila e Salt River entre Phoenix e Casa Grande. Durante um período de 1.000 anos, eles construíram uma rede de canais de irrigação de 600 milhas, alguns dos quais ainda podem ser vistos hoje. Como os Hohokam construíram suas casas de terra, existem poucas estruturas desse período, sendo uma exceção o Casa grande ruína, um edifício maciço com paredes de terra bem preservado que agora é um monumento nacional. Muitos locais de petróglifos Hohokam (arte rupestre) também permanecem, um registro duradouro das pessoas que fizeram o deserto florescer pela primeira vez. Por volta de 1450, no entanto, os Hohokam abandonaram suas aldeias. Muitos arqueólogos acreditam que a irrigação do solo do deserto ao longo de centenas de anos acabou deixando uma espessa crosta de álcali nos campos, o que tornaria a agricultura impossível. O próprio nome Hohokam, na linguagem do povo Tohono O’odham de hoje, significa "as pessoas que desapareceram".

Assentamento Hispânico - Os primeiros europeus a visitar a região podem ter sido uma tripulação heterogênea de náufragos espanhóis, entre os quais estava um africano negro escravizado chamado Estévan de Dorantes. Este infeliz grupo passou 8 anos vagando pelo sudoeste, e quando voltaram ao território espanhol, contaram uma história fantástica de terem visto sete cidades tão ricas que os habitantes até enfeitaram suas portas com joias. No one is sure whether they actually passed through Arizona, but in 1539 their story convinced the viceroy of New Spain (Mexico) to send a small expedition, led by Father Marcos de Niza and Estévan de Dorantes, into the region. Father de Niza's report of finding the fabled Seven Cities of Cíbola inspired Don Francisco Vásquez de Coronado to set off in search of wealth in 1540. Instead of fabulously wealthy cities, however, Coronado found only pueblos of stone and mud. A subordinate expedition led by Garcia Lopez de Cárdenas stumbled upon the Grand Canyon, while another group of Coronado's men, led by Don Pedro de Tovar, visited the Hopi mesas.

Over the next 150 years, however, only a handful of Spanish explorers, friars, and settlers visited Arizona. In the 1580s and 1600s, Antonio de Espejo and Juan de Oñate explored northern and central Arizona and found indications of mineral riches in the region. In the 1670s, the Franciscans founded several missions among the Hopi pueblos, but the Pueblo Revolt of 1680 (see “Indian Conflicts,” below) obliterated this small Spanish presence.

In 1687, Father Eusebio Francisco Kino, a German-educated Italian Jesuit, began establishing missions in the Sonoran Desert region. In 1691, he visited the Pima village of Tumacácori, where he planted fruit trees, taught the Natives European farming techniques, and gave them cattle, sheep, and goats to raise. In 1692, Father Kino first visited the Tucson area by 1700 he had laid foundations for the first church at the mission of San Xavier del Bac, although it wasn’t until 1783 that construction began on the present church, known as the White Dove of the Desert.

The Spanish began settling in the area around Tumacácori and nearby Tubac, calling it Pimeria Alta. In 1775, a group of settlers led by Juan Bautista de Anza set out from Tubac to find an overland route to California in 1776, they founded the city of San Francisco. That same year, the Tubac presidio was moved to Tucson. In 1821, Mexico won its independence from Spain, and Tucson, with only 65 inhabitants, became part of Mexico, which at that time extended all the way to Northern California.

Indian Conflicts -- At the time the Spanish arrived in Arizona, the tribes living in the southern lowland deserts were peaceful farmers, but in the mountains of the east lived the Apache, a hunting-and-gathering tribe that frequently raided neighboring tribes. In the north, the Navajo, relatively recent immigrants to the region, fought over land with the neighboring Ute e Hopi (who were also fighting among themselves).

Coronado's expedition through Arizona and into New Mexico and Kansas was to seek gold. To that end he attacked one pueblo, killed the inhabitants of another, and forced still others to abandon their villages. Spanish-Indian relations were never to improve, and the Spanish were forced to occupy their new lands with a strong military presence. Around 1600, 300 Spanish settlers moved into the Four Corners region, which at the time supported a large population of Navajos. The Spanish raided Navajo villages to take slaves, and angry Navajos responded by stealing Spanish horses and cattle.

For several decades in the mid-1600s, missionaries were tolerated in the Hopi pueblos, but the Pueblo tribes revolted in 1680, killing the missionaries and destroying the missions. Throughout the 1700s, others native peoples followed suit, pushing back against European settlement. Encroachment by farmers and miners moving into the Santa Cruz Valley in the south caused the Pima people to stage a similar uprising in 1751, attacking and burning the mission at Tubac. A presidio was soon established at Tubac to protect Spanish settlers after the military garrison moved to Tucson in 1776, Tubac was quickly abandoned due to frequent Apache raids. In 1781, the Yuman tribe, whose land at the confluence of the Colorado and Gila rivers had become a Spanish settlement, staged a similar uprising, wiping out that first Yuma settlement.

By the time Arizona became part of the United States, it was the Navajos and Apaches who were proving most resistant to white settlers. In 1863, the U.S. Army, under the leadership of Col. Kit Carson, forced the Navajo to surrender by destroying their winter food supplies. The survivors were marched to an internment camp in New Mexico the Navajo refer to this as the Long Walk. Conditions at the camp in New Mexico were deplorable, and within 5 years the Navajo were returned to their land, although they were forced to live on a reservation.

The Apaches resisted white settlement 20 years longer than the Navajo did. Under the leadership of Geronimo e Cochise, the Apaches, skillful guerrilla fighters, attacked settlers, forts, and towns despite the presence of U.S. Army troops. Geronimo and Cochise were the leaders of the last resistant bands of rebellious Apaches. Cochise eventually died in his Chiricahua Mountains homeland. After Geronimo finally surrendered in 1886, he and many of his followers were relocated to Florida by the U.S. government. Open conflicts between whites and Indians finally came to an end.

Territorial Days -- In 1846, the United States went to war with Mexico, which at the time extended all the way to Northern California and included parts of Colorado, Wyoming, and New Mexico. When the war ended, the United States claimed almost all the land extending from Texas to Northern California. This newly acquired land, called the Território do Novo México, had its capital at Santa Fe, New Mexico. (The land south of the Gila River, which included Tucson, wasn’t included at first after surveys determined that this land was the best route for a railroad from Mississippi to California, in 1853 the U.S. government negotiated the Gadsden Purchase and the current Arizona-Mexico border was set.)

When the California gold rush began in 1849, many hopeful miners from the east crossed Arizona en route to the gold fields, and some stayed to seek mineral riches in Arizona. However, despite ever-growing numbers of settlers, the U.S. Congress refused to create a separate Arizona Territory. When the Civil War broke out, Arizonans, angered by Congress's inaction, sided with the Confederacy, and in 1862, Arizona was proclaimed the Confederate Territory of Arizona. Although Union troops easily defeated the Confederate troops occupying Tucson, this dissension convinced Congress, in 1863, to create the Território do Arizona.

The capital of the new territory was temporarily established at Fort Whipple near Prescott, but later the same year was moved to Prescott itself. In 1867 the capital moved again, this time to Tucson. Ten years later, Prescott again became the capital, which it remained for another 12 years before the seat of government finally moved to Fénix, which remains Arizona's capital to this day.

During this period, mining flourished, and although small amounts of gold and silver were discovered, copper became the source of Arizona's economic wealth. With each mineral strike, a new mining town would boom, and when the ore ran out, the town would be abandoned. These towns were infamous for their gambling halls, bordellos, saloons, and shootouts. Tombstone e Bisbee became the largest towns in the state and were known as the wildest towns between New Orleans and San Francisco.

In 1867, farmers in the newly founded town of Phoenix began irrigating their fields using canals that had been dug centuries earlier by the Hohokam. In the 1870s, ranching became another important source of revenue in the territory, particularly in the southeastern and northwestern parts of the state. In the 1880s, the railroads finally arrived, and life in Arizona changed drastically. Suddenly the region's mineral resources and cattle were accessible to the east.

Statehood & the Early 20th Century -- By the beginning of the 20th century, Arizonans were trying to convince Congress to make the territory a state. Congress balked at the requests, but finally in 1910 allowed the territorial government to draw up a state constitution. Territorial legislators were progressive thinkers, and the draft included clauses for the recall of elected officials -- provisions that made President William Howard Taft, an opponent of recalling judges, veto the bill. Arizona politicians removed the controversial clause, and on 14 de fevereiro de 1912, Arizona became the 48th state. One of the new state legislature's first acts was to reinstate the clause providing for the recall of judges.

Much of Washington's opposition to Arizona's statehood had been based on the belief that Arizona could never support economic development. This belief was changed in 1911 by one of the most important events in state history -- the completion of the Salt River's Roosevelt Dam (later to be renamed the Theodore Roosevelt Dam). The dam not only provided irrigation water to the Phoenix area, but it also tamed the river’s violent floods. The introduction of water to the heart of Arizona's vast desert enabled large-scale agriculture and industry. Over the next decades, more dams were built throughout Arizona, and, in 1936, the Hoover Dam on the Colorado River became the largest concrete dam in the Western Hemisphere. This dam also created the largest man-made reservoir in North America, Lake Mead. Arizona's dams would eventually provide not only water and electricity, but also the state's most popular recreation areas.

Despite labor problems, copper mining increased throughout the 1920s and 1930s, and with the onset of World War II, the mines boomed as military munitions manufacturing increased the demand for copper. However, within a few years after the war, many mines were shut down. Today, Arizona is littered with old mining ghost towns that boomed and then went bust. A few towns, such as Jerome e Bisbee, managed to hang on and were eventually rediscovered by artists, writers, and retirees. Today, both Bisbee and Jerome are major tourist attractions known for their many art galleries, interesting shops, and boomtown atmosphere.

World War II created a demand for beef, leather, and cotton, and Arizona farmers and ranchers stepped in to meet the need. Cotton, which was used in the manufacture of tires, quickly became the state's most important crop. Goodyear planted huge fields of the crop and even built the company town of Goodyear, which today is home to one of Arizona's oldest and most prestigious resorts. During the war, Arizona’s clear desert skies also provided ideal conditions for training pilots, and several military bases were established in the state, helping to double Phoenix’s population. When peace finally arrived, many veterans returned with their families, although it wasn’t until air-conditioning was invented that major population growth truly came to the desert.

The Postwar Years -- During the postwar years, Arizona attracted a number of large manufacturing industries and slowly moved away from its agricultural economic base. Today aerospace engineering remains a major industry, and tech-industry growth is slow but steady.

But the economy of the state still relies heavily (too heavily, some say) on real estate, and of course, tourism. o Grand Canyon, which had been luring visitors since the days when they had to get there by stagecoach, was declared a national park in 1919, and by the 1920s, Arizona had become a winter destination for the wealthy. The clear, dry air also attracted people suffering from allergies and lung ailments, and Arizona came to be known as a healthful place. With the immense popularity of Hollywood Westerns, dude ranches began to spring up across the state. From the 1960s on, the rustic guest ranches of the 1930s began to give way to luxurious golf resorts, and “snowbirds” played an increasing role in the state’s economy.

Continued population growth throughout the 20th century resulted in an ever-increasing demand for water. Yet, despite the damming of nearly all of Arizona's rivers, the state still suffered from insufficient water supplies in the population centers of Phoenix and Tucson. It took the construction of the controversial and expensive Central Arizona Project (CAP) aqueduct to carry water from the Colorado River over mountains and deserts, and deliver it where it was wanted. Construction on the CAP began in 1974, and in 1985 water from the project finally began irrigating fields near Phoenix. In 1992, the CAP reached Tucson. However, a drought that began in the mid-1990s has left Phoenix and Tucson once again pondering where they will come up with the water to fuel future growth.

By the 1960s, Arizona had become an urban state with all the problems confronting other areas around the nation. The once-healthful air of Phoenix now rivals that of Los Angeles for the thickness of its smog. Allergy sufferers are plagued by pollen from the nondesert plants that have been introduced to make this desert region look more lush and inviting. However, until the recent economic downturn, the state's economy was still growing quite rapidly. High-tech companies had been locating within Arizona, and a steady influx of retirees, as well as Californians fleeing earthquakes and urban problems, had given the state new energy and new ideas. Things slowed considerably in 2009, but, of course, the sun still shines here, even in January and February when much of the rest of the country is locked in a deep freeze, and that is a powerful lure. As long as winters in Arizona continue to be sunny and warm, you can bet that the state will continue to boom.

Observação: This information was accurate when it was published, but can change without notice. Please be sure to confirm all rates and details directly with the companies in question before planning your trip.


FREE Arizona State History Printable

Despite the desert heat, Arizona has become one of the fastest-growing states in the United States. With its beautiful scenery, electronic and aerospace manufacturing, and natural resources, it’s an amazing state to live in. It’s also the birthplace of many famous individuals including Barry Goldwater, Cesar Chavez, Geronimo, Ira Hamilton Hayes, Lori Ann Piestewa, and many others. Dig deeper into the history of Arizona and see wh at interesting facts you can discover about this state with a free 7-page state history printable. C reate a map of the state, organize events chronologically, and explore more of the state’s exciting past with writing prompts.

We value your privacy and promise never to send you spam you can unsubscribe at anytime. View our Política de Privacidade for more information on how we process your data.



Comentários:

  1. Zugrel

    Eu aceito com prazer.

  2. Durn

    Site interessante, quero destacar especialmente o design

  3. Macquarrie

    Sinto muito, mas, em minha opinião, você está enganado. Vamos discutir isso. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  4. Shaktishicage

    Não se desespere! Mais engraçado!

  5. Faerr

    Eu entro. E eu me deparei com isso. Podemos nos comunicar sobre este tema.



Escreve uma mensagem