Que fontes antigas discutem a importância do fogo sagrado de Vesta e por que ele precisava permanecer aceso?

Que fontes antigas discutem a importância do fogo sagrado de Vesta e por que ele precisava permanecer aceso?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Dionísio de Halicarnasso, em Antiquites romanos, menciona, em poucas palavras, que o encanto da chama era um presságio para a destruição da cidade.

Existem muitos indícios, ao que parece, quando uma sacerdotisa não está desempenhando suas funções sagradas com pureza, mas o principal é a extinção do fogo, que os romanos temem acima de todos os infortúnios, olhando para ele, de qualquer causa que proceda, como um presságio que pressagia a destruição da cidade; e eles trazem fogo novamente para o templo com muitos ritos suplicantes, sobre os quais falarei na ocasião apropriada. - Dionísio de H. Livro 2, LCL 319, Páginas 509

Tito Lívio também fala duas vezes sobre o Fogo Sagrado de Vesta e fala dele como um presságio, mas, novamente, não entra em maiores detalhes sobre POR QUE ele precisava ser aceso e o que aconteceria se ele se apagasse

Aqui está o Capitólio, onde antigamente uma cabeça humana foi encontrada, e isso foi declarado um presságio, pois naquele lugar seria fixada a cabeça e o poder soberano supremo do mundo. Foi aqui que, enquanto o Capitólio estava sendo limpo com ritos augurais, Juventas e Terminus, para grande deleite de seus pais, não se permitiram ser movidos. Aqui está o Fogo de Vesta; aqui estão os escudos enviados do céu; aqui estão todos os deuses, que, se você permanecer, serão graciosos com você. - Tito Lívio 5.54.7

e

Que necessidade há de eu falar sobre o fogo perpétuo de Vesta, e a Imagem - a promessa de nosso domínio - que está sob a guarda de seu templo? E você, Marte Gradivus, e você, padre Quirinus, que necessidade falar de seus escudos sagrados? É seu desejo que todas essas coisas sagradas, coevas com a cidade, algumas de ainda maior antiguidade, sejam abandonadas e deixadas em solo profano? - Tito Lívio 5.52.7

Cícero no Livro 2 de De Legibus também diz que a chama deve ser protegida, mas novamente não menciona POR QUE

Os vários deuses terão seus vários sacerdotes, os deuses todos juntos, seus pontífices, e os deuses individuais, seus flamens. As virgens vestais devem guardar o fogo eterno no lar público da cidade. - Cic. De Legibus 2.20

Plutarco, Plínio e outros falam muito sobre as punições que as vestais receberam por terem deixado o fogo apagar. No entanto, além dos trechos acima, não consigo encontrar nenhum outro gobbets sobre POR QUE o fogo precisava permanecer aceso.

Alguém poderia me ajudar com mais alguma fonte antiga que fale sobre isso? Obrigado!


Assista o vídeo: Vesta - o fogo sagrado