Harry Levy-Lawson

Harry Levy-Lawson

Harry Levy-Lawson, filho mais velho de Edward Levy-Lawson, Baron Burnham, e neto de Joseph Moses Levy, nasceu em Londres em 1862. Lawson foi educado no Eton and Balliol College, Oxford, onde obteve um diploma de primeira classe em história moderna.

Edward Levy-Lawson era o proprietário do Daily Telegraph. Harry não concordou com o apoio de seu pai ao Partido Conservador e em 1885 Lawson foi eleito MP Liberal por West St. Pancras. Ele perdeu a cadeira nas Eleições Gerais de 1892, mas voltou à Câmara dos Comuns após sua vitória em uma eleição suplementar em Cirencester. Depois de ser derrotado em 1895, Lawson deixou os Liberais por causa de suas objeções à política de Home Rule irlandesa.

Com a aposentadoria de Edward Levy-Lawson em 1903, Lawson tornou-se o novo proprietário do Daily Telegraph. Embora tenha retornado ao Parlamento em 1905 como deputado conservador por Tower Hamlets, ele se recusou a aceitar um cargo ministerial com o fundamento de que temia que pudesse interferir na independência política de seu jornal.

Entre 1902 e 1913, Lawson ocupou uma comissão no Royal Buckingham Hussars e na eclosão da Primeira Guerra Mundial ele voltou como oficial de treinamento.

Em 1916, Lawson herdou o título de seu pai, Baron Burnham. Ele agora deixou a Câmara dos Comuns, mas continuou a desempenhar um papel ativo na política da Câmara dos Lordes.

Burnham, como presidente do Standing Joint Committee on Education, formulou novas escalas de remuneração para professores em todas as escolas estaduais. Em disputas industriais subsequentes, Burnham atuou como árbitro. Ele também foi presidente das Conferências Internacionais do Trabalho em Genebra em 1921, 1922 e 1923 e da primeira Conferência Mundial de Imprensa em 1927.

Henry Lawson, Baron Burnham, morreu em 20 de julho de 1933.


Harry primeiro visconde Burnham Levy-Lawson Wiki, biografia, patrimônio líquido, idade, família, fatos e muito mais

Você encontrará todas as informações básicas sobre Harry 1st Visconde Burnham Levy-Lawson. Role para baixo para obter os detalhes completos. Orientamos você por tudo sobre Harry 1o Visconde Burnham. Check-out de Harry, primeiro visconde de Burnham Wiki Idade, biografia, carreira, altura, peso, família. Fique atualizado conosco sobre suas celebridades favoritas. Atualizamos nossos dados de tempos em tempos.

BIOGRAFIA

Harry Levy-Lawson, 1º Visconde Burnham é uma celebridade bem conhecida. Harry, o primeiro visconde de Burnham, nasceu em 18 de dezembro de 1862 na Inglaterra.Harry 1o Visconde Burnham é uma das celebridades famosas e populares, que é popular por ser uma celebridade. Em 2018, o primeiro visconde de Harry Burnham Levy-Lawson tinha 70 anos (idade no momento da morte). Harry 1o Visconde Burnham Levy-Lawson é um membro famoso Celebridade Lista.

Wikifamouspeople classificou Harry como o primeiro visconde Burnham Levy-Lawson na lista de celebridades populares. O primeiro visconde de Harry Burnham Levy-Lawson também está listado junto com as pessoas nascidas em 18 de dezembro de 1862. Uma das celebridades preciosas listadas na lista de celebridades.

Não se sabe muito sobre Harry, o primeiro visconde de Burnham, seus antecedentes educacionais e sua infância. Iremos atualizá-lo em breve.

Detalhes
Nome Harry primeiro visconde Burnham Levy-Lawson
Idade (a partir de 2018) 70 anos (idade na morte)
Profissão Celebridade
Data de nascimento 18 de dezembro de 1862
Local de nascimento Não conhecido
Nacionalidade Não conhecido

Harry 1º Visconde Burnham Levy-Lawson Net Worth

A principal fonte de renda do primeiro visconde Burnham de Harry é a celebridade. Atualmente não temos informações suficientes sobre sua família, relacionamentos, infância, etc. Atualizaremos em breve.

Patrimônio líquido estimado em 2019: US $ 100 mil - US $ 1 milhão (aprox.)

Harry 1º Visconde de Burnham Idade, Altura e Peso Amp.

As medidas corporais, altura e peso de Harry 1st Visconde Burnham ainda não são conhecidas, mas iremos atualizá-las em breve.

Família e relações

Não se sabe muito sobre a família e os relacionamentos de Harry 1o Visconde Burnham. Todas as informações sobre sua vida privada são ocultadas. Iremos atualizá-lo em breve.

Fatos

  • Harry, o primeiro visconde Burnham Levy-Lawson, tem 70 anos (idade no momento da morte). a partir de 2018
  • O primeiro aniversário do visconde Burnham de Harry é em 18 de dezembro de 1862.
  • Signo do Zodíaco: Sagitário.

-------- Obrigado --------

Oportunidade de influenciador

Se você é uma modelo, Tiktoker, influenciador do Instagram, blogueiro de moda ou qualquer outro influenciador de mídia social, que deseja obter colaborações incríveis. Então você pode Junte-se ao nosso Grupo do Facebook chamado "Influenciadores encontram marcas". É uma plataforma onde os influenciadores podem se encontrar, colaborar, obter oportunidades de colaboração de marcas e discutir interesses comuns.

Conectamos marcas com talentos de mídia social para criar conteúdo patrocinado de qualidade


Edward Levy Lawson - 1º Barão Burnham

Nascido Edward Levy, ele se tornou o editor do Daily Telegraph em 1858, três anos depois que seu pai, Joseph Moses Levy, comprou o jornal. Como uma exigência do testamento de seu tio, Edward mudou seu nome em 1875 de Levy para Lawson, recebendo assim a herança com a qual comprou Hall Barn. Ele foi feito baronete em 1892 e recebeu o título de nobreza em 1903, recebendo o título de Lord Burnham.

Edward Lawson e o Hall Barn Estate

Edward Lawson adquiriu o Hall Barn Estate em 1881 e com ele o título de Lord of the Manor. Ele fez de Hall Barn um centro para atividades do país e, ao longo dos anos, hospedou muitos encontros celebrados lá. Uma nova ala de salão de baile foi adicionada para o baile de amadurecimento de seu filho, e festas anuais de tiro com a presença de homens influentes da época. O príncipe de Gales (mais tarde Rei Edward VII) ficou lá todos os anos de 1892 a 1910, e o rei George V também visitou.

No momento da compra, a propriedade possuía sete fazendas, Harriers, Woodlands, Hyde, Hillmotts, Overs, Holloways e Wiggeston. Lawson consolidou as terras aráveis ​​em menos fazendas, com as melhores casas de fazenda sendo alugadas para famílias de classe média alta, enquanto na Fazenda Harriers ele estabeleceu um modelo de laticínios com um rebanho de vacas Jersey.

Relacionamento com a comunidade local

Edward Lawson dominou a vida social e econômica de Beaconsfield de maneira semelhante à família Waller nos séculos XVII e XVIII. Ao contrário de seus antecessores, ele comprou propriedades nas quatro "extremidades" da cidade, incluindo chalés, lojas, pequenas fábricas e até alguns bares, a maior concentração de propriedade ocorrendo em Windsor End. Isso mudou a relação entre Hall Barn e a comunidade local. Em seguida, gastou grandes somas de dinheiro na melhoria de alguns dos chalés maiores, mas menos em muitos dos menores, que estavam em piores condições, o que naturalmente deu origem a algumas críticas. No entanto, no geral, ele era visto como um importante benfeitor local. Uma de suas primeiras contribuições para a vida social da cidade foi o fornecimento do Burnham Hall (originalmente referido como o New Hall) em 1886, que foi usado como um local para eventos sociais na comunidade. Para marcar o Jubileu de Ouro da Rainha Vitória em 1887, Lawson pagou por 401 canecas comemorativas na China de Doulton, que foram distribuídas entre os habitantes da cidade. Dez anos depois, para o Jubileu de Diamante, ele doou uma piscina e vestiários em New Pond Meadow para serem usados ​​pelos homens e meninos locais.

Como membro fundador do Conselho do Distrito Urbano, Edward Lawson apoiou a construção de um sistema de esgoto completo e disponibilizou terreno da propriedade para que as obras pudessem começar em 1898. Durante um surto de febre tifóide no ano seguinte, ele instalou o novo salão comunitário em a disposição do Conselho como um hospital temporário, e isso se repetiu em 1905 durante um surto de escarlatina. Ele apoiou muitas organizações de caridade locais, incluindo o Children’s Convalescent Home, e ele pessoalmente financiou o custo total da restauração da antiga casa paroquial.

Legado

Seu legado ainda pode ser sentido hoje na Cidade Velha, à medida que sucessivos membros da Família Lawson continuaram seu envolvimento na comunidade local. Até a última parte do século 20, os trabalhadores da propriedade pagavam apenas aluguéis nominais por suas casas, e isso foi estendido aos comerciantes e lojistas para garantir que eles continuassem no negócio para prover as necessidades básicas dos habitantes. No entanto, mais recentemente, com os custos crescentes de administração da propriedade, as propriedades foram vendidas ou alugadas, muitas vezes para recém-chegados, pelo seu valor de mercado atual.

Morte

Edward Lawson morreu em 1916 e está enterrado no cemitério de St Mary and All Saints. Seu túmulo fica ao lado do de seu filho, Harry Lawson (o 2º Lord Burnham), e pode ser encontrado no sopé da torre da igreja à esquerda da porta principal.


Com as eleições de 2020 se aproximando, veja a árvore genealógica de Trump.

Prestes a enviar quatro astronautas para a ISS. Veja a árvore genealógica de Elon Musk aqui no FameChain

Vice-presidente dos Estados Unidos.

Meghan e Harry agora estão baseados nos EUA. FameChain tem suas árvores incríveis.

O candidato do Partido Democrata à presidência. Veja a árvore genealógica de Joe Biden

Candidato democrata à vice-presidência dos Estados Unidos.

Definido para ser o próximo juiz do Supremo Tribunal. Descubra a árvore genealógica Coney Barret

Siga-nos no

VÍDEOS

Todas as informações de relacionamento e história da família mostradas no FameChain foram compiladas a partir de dados de domínio público. A partir de fontes online ou impressas e de bancos de dados acessíveis ao público. Acredita-se que esteja correto no momento da introdução e é apresentado aqui de boa fé. Se você tiver informações que conflitem com qualquer coisa mostrada, por favor, avise-nos por e-mail.

Mas observe que não é possível ter certeza da genealogia de uma pessoa sem a cooperação da família (e / ou teste de DNA).


Biografia [editar | editar fonte]

Levy-Lawson nasceu em St Pancras, Londres, filho de Edward Levy-Lawson, 1º Barão Burnham e sua esposa Harriette Georgiana Webster. Seu nome foi legalmente mudado de Levy para Levy-Lawson em 11 de dezembro de 1875. Ele foi educado na Cheam School, Headley, Berkshire, Eton and Balliol College, Oxford. Ele se tornou um tenente no Royal Buckinghamshire Yeomanry, tesoureiro da Liga da Terra Livre, vice-presidente da Liga da Reforma Municipal e membro do Comitê Executivo da Liga da Federação Municipal. & # 911 & # 93 Em 1891, ele foi admitido no Templo Interior, o que lhe deu o direito de exercer a profissão de advogado. & # 912 e # 93

Levy-Lawson foi eleito Membro do Parlamento (MP) por St Pancras West nas eleições gerais de 1885 aos 23 anos, mas perdeu a cadeira nas eleições gerais de 1892. Ele também foi membro do Conselho do Condado de Londres de 1889 a 1892, por St Pancras (Oeste).

Ele foi devolvido à Câmara dos Comuns como MP de Cirencester em uma eleição suplementar em 1893 e manteve a cadeira até sua derrota nas eleições gerais de 1895. Em 1905 foi eleito deputado por Mile End em uma eleição suplementar e perdeu a cadeira em 1906, recuperando-a em janeiro de 1910. & # 913 & # 93 Nesse ínterim, foi prefeito de Stepney entre 1907 e 1909. Em 1911, ele foi nomeado vice-tenente de Buckinghamshire. & # 914 e # 93

Levy-Lawson foi nomeado capitão do Royal Buckinghamshire Yeomanry em 1 de maio de 1887 e mais tarde ganhou o título honorário de major. & # 915 & # 93 Foi promovido a tenente-coronel e nomeado comandante do regimento em 18 de outubro de 1902. & # 916 & # 93 Ele prestou serviço ativo na Primeira Guerra Mundial, onde foi mencionado em despachos. Em 1916, com a morte de seu pai, ele sucedeu aos títulos de Barão Burnham e baronete e assumiu seu assento na Câmara dos Lordes. Ele também sucedeu seu pai na gestão e propriedade da Daily Telegraph. Foi condecorado com a Decoração Territorial (TD) e tornou-se Coronel Honorário da 99ª Brigada (Bucks and Berks Yeomanry) da Artilharia Real. Ele foi investido como Companion of Honor (CH) em 1917.

Família, interesses e Hall Barn [editar | editar fonte]

Levy-Lawson foi nomeado Visconde Burnham de Hall Barn, no Condado de Buckingham, em 16 de maio de 1919. Casou-se com Olive de Bathe, filha de Sir Henry de Bathe, 4º Baronete e Charlotte Clare, em 2 de janeiro de 1884 na Igreja de St. Margaret , Westminster. Eles tiveram uma filha, o Exmo. Dorothy Olive Lawson (1885-1937), que se casou com o Major o Exmo. John Coke e com quem teve três filhos: Gerald, Celia e Rosemary Coke - esta última mais tarde Baronesa Hamilton de Dalzell & # 917 & # 93

Seu pai, que era "um membro do grupo do Príncipe de Gales", comprou 4.000 acres Hall Barn Estate em 1880. O visconde Burnham e seu pai hospedaram o rei Eduardo VII e seu filho, o rei Jorge V e seu filho, o rei Eduardo VIII em muitas ocasiões, do início dos anos 1900 aos anos 1930. Em 19 de dezembro de 1924, por exemplo, Burnham ofereceu um jantar para o Rei George V com Rudyard Kipling, filha de Harry, o Exmo. Dorothy Levy-Lawson (1885-1937) e seu marido, Major, o Exmo. Sir John Spencer Coke (1880-1957), entre os convidados. & # 918 & # 93 Visconde Burnham era JP de Buckinghamshire. Ele recebeu vários doutorados honorários da McGill University, Montreal em 1920, Durham University em 1921 Athens University, Grécia em 1924, University of Western Australia, Perth, Austrália em 1925, Ghent University, Bélgica em 1927 e Cambridge University. Ele foi investido como Cavaleiro da Grande Cruz, GCMG em 1927. Em 1928, ele vendeu o Daily Telegraph para Lord Camrose. & # 912 e # 93

Ele morreu aos 70 anos e foi enterrado perto de seu pai em 24 de julho de 1933 em Beaconsfield, Buckinghamshire. Burnham não teve descendência masculina, então o visconde foi extinto: seu irmão mais novo, William Arnold Webster Levy-Lawson, 3º Barão de Burnham (1864–1943), sucedeu ao baronato e baronato.


Wellcome experimentou vacinas de soro contra difteria em doentes mentais (1894)

Mensagem: confie em nós, atire e você vai viver!

Curiosamente, ainda está na Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde & # 8217s, os medicamentos mais eficazes e seguros necessários em um sistema de saúde. [5] Nos Estados Unidos, pode ser obtido no Center for Disease Control. [1] Não está disponível em muitos países, incluindo muitos na Europa a partir de 2008. [6]

Atualmente, a difteria ocorre com mais frequência na África Subsaariana, Índia e Indonésia https://en.wikipedia.org/wiki/Diphtheria

Atire primeiro. Faça perguntas mais tarde.

Não existe vacina para o tratamento da acne até hoje.

Foram usadas tireóides animais e / ou humanas para fazer esta & # 8220substância glandular fresca & # 8221? Estamos examinando as origens da extração de órgãos da Big Pharma?

Ainda não temos a resposta & # 8230 apenas algumas das perguntas que estamos fazendo neste ponto de nossa pesquisa.

… Aliança da Grã-Bretanha e da América no socorro dos feridos

… Union Jack e o Stars and Stripes entrelaçados

… Retratos da Rainha Vitória, George Washington e do Presidente McKinley

… British Lion e American Eagle

… Irmão Jonathan e John Bull

... Lanceiros regulares e coloniais britânicos cobrando um foco bôer

Por que a Burroughs Wellcome, uma empresa farmacêutica, está atacando as operações químicas alemãs? Estamos olhando para o verdadeiro motivo da Primeira Guerra Mundial & # 8211 e o motivo pelo qual fomos atraídos para a guerra? Era uma luta contra os alemães para que a Wellcome pudesse roubar patentes alemãs e acabar com a concorrência?


Presidente do Instituto há 110 anos, com o Presidente dos Estados Unidos como convidado de honra

O presidente do Instituto CIoJ, Harry Levy-Lawson, com duas vezes o presidente dos EUA, Theodore Roosevelt, à sua direita, no Stationers 'Hall, jantar da meia-noite em junho de 1910.

Esta misteriosa fotografia em negativo de placa de vidro com mais de um século de idade do presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt (1858-1919) em um jantar oferecido por jornalistas em Londres não tinha data.

Ele está definhado nos arquivos da agência de notícias George Bain na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, sem nenhuma outra identificação.

Agora podemos revelar que este foi & # 8216a ceia da meia-noite & # 8217 oferecido pelo presidente do Chartered Institute of Journalists na sala de banquetes do Stationers & # 8217 Hall na cidade de Londres em junho de 1910.

Original Chartered Institute of Journalists Medalha de ouro presidencial usada na fotografia de 1910 por Harry Levy-Lawson MP no jantar da meia-noite no Stationers & # 8217 Hall.

A maioria dos editores de jornais nacionais e provinciais do país estava lá junto com todos os correspondentes dos EUA em Londres e os jornalistas que acompanharam Roosevelt em sua turnê mundial.

O presidente do instituto é proprietário de jornal e membro do parlamento do Mile End Liberal Harry Levy Lawson (1862-1933).

Ele está sentado no meio e pode ser visto usando a medalha presidencial de ouro original do Instituto & # 8217s.

Isso foi atingido pela primeira vez em 1906.

Harry Levy-Lawson MP. Imagem de domínio público da Vanity Fair

Theodore Roosevelt acabara de terminar dois mandatos como presidente dos Estados Unidos e chegara a Londres depois de viajar pela África e pela Europa.

Ele está sentado à direita de Harry Levy-Lawson com o embaixador dos EUA Whitelaw Reid na esquerda de Lawson & # 8217s.

É uma outra época e época, quando o presidente do Chartered Institute of Journalists morava em uma mansão Hall Barn em Beaconsfield Buckinghamshire, propriedade de Levy-Lawson e não do Instituto.

Hall Barn, Beaconsfield, Buckinghamshire. Domínio público da imagem.

Ele esteve no serviço ativo na Grande Guerra, foi mencionado em despachos e em 1916, com a morte de seu pai, sucedeu ao título de primeiro visconde de Burnham e tomou assento na Câmara dos Lordes.

Ele também sucedeu a seu pai na administração e propriedade do Daily Telegraph.

Pode ser aparente que há uma ausência de representação de mulheres nessas fotografias de arquivo.

Era uma sociedade patronímica quando as mulheres lutavam pelo direito de voto.

Sufragistas e sufragistas faziam campanha com petições e manifestações.

Manifestação de sufragetes do lado de fora das Casas do Parlamento antes da Primeira Guerra Mundial. Imagem: Arquivo de George Bain, Biblioteca do Congresso. Domínio público.

As sufragistas estavam tomando uma & # 8216 ação direta & # 8217 para lutar contra sua causa - neste caso, queimando o pavilhão de chá no jardim botânico de Kew.

Casa de chá em Kew Gardens destruída por incêndio criminoso em ação política direta por sufragistas em sua luta por votos para mulheres e outros direitos iguais antes da Grande Guerra. Imagem: Arquivo de George Bain, Biblioteca do Congresso, Public Doman.

Roosevelt é um presidente amplamente esquecido, a menos que você seja um estudante de história política dos Estados Unidos. No entanto, ele era na época um dos líderes mundiais mais importantes e influentes.

Ele & # 8217d completou dois mandatos de 1901 a 1909.

Ele se tornou presidente em 1901, após o assassinato do Presidente McKinley.

Quando chegou a Londres, ele havia atirado em um elefante em um safári - algo que não faria muito pela reputação de um atual presidente dos Estados Unidos.

Theodore Roosevelt retratado em 1910 tendo caçado e matado um elefante durante sua viagem pós-presidencial de países africanos. Imagem: Domínio Público.

Ele também é conhecido por ter sido a origem da palavra & # 8216Teddy & # 8217 para & # 8216Teddy Bears. & # 8217

Isso resultou de sua decisão de poupar um urso marrom maravilhoso que apareceu antes de um de seus grupos de caça na selva americana.

Theodore & # 8216Teddy & # 8217 Roosevelt experimentaria uma tentativa de assassinato dois anos depois de comparecer ao jantar do Institute of Journalists & # 8217 em Londres.

Ele estava em campanha em Milwaukee, Wisconsin, e foi baleado no peito pelo taberneiro John Flammang Schrank. Ele continuou falando quando julgou que a bala não havia penetrado em seu pulmão.

Theodore Roosevelt em 1910, tendo sobrevivido a dois mandatos do cargo presidencial dos EUA. Ele também sobreviveria a uma tentativa de assassinato em 1912. Imagem: Biblioteca do Congresso. Domínio público.

Ele permaneceria lá pelo resto de sua vida.

O jantar do Institute & # 8217s foi relatado no jornal liberal nacional mais proeminente da época, As notícias diárias, editado por Alfred George Gardiner (1865-1946), que mais tarde ficou famoso como o colunista & # 8216Alpha of the Plow. & # 8217

Gardiner serviu por dois mandatos como presidente do CIoJ e usou o Reform Club em Pall Mall como seu & # 8216 escritório de redação. & # 8217

Alfred George Gardiner - duas vezes presidente do Chartered Institute of Journalists. Imagem: Museu Imperial da Guerra. Domínio público.

No momento As notícias diárias eclipsou o Manchester Guardian, que era apenas um jornal matutino provinciano e tinha a notoriedade de ter apoiado a causa dos confederados pró-escravidão durante a Guerra Civil Americana.

As notícias diárias A reportagem do jornal sobre o evento declarou: & # 8216Ao propor a saúde do Sr. Roosevelt, o Presidente disse que eles poderiam dizer de seu convidado que ele era um homem que disse o que acreditava ser verdade e não tinha medo de ninguém. Seu destino era ser um tônico perpétuo. & # 8217

Em resposta, Roosevelt disse que havia gostado muito de sua estada na Inglaterra. A julgar por alguns dos comentários que recebeu, havia pessoas que não compartilhavam de sua alegria (Risos).

Houve aplausos quando ele disse:

& # 8216 Foi uma coisa agradável saber que as relações entre os Estados Unidos e a Grã-Bretanha eram muito melhores, e ele deve salientar que elas melhoraram constantemente quase na mesma proporção que os Estados Unidos se tornaram mais fortes e menos sensíveis ao que foi dito de fora. & # 8217

Roosevelt havia sido um presidente republicano e sempre cultivou relações respeitosas e amigáveis ​​com jornalistas e a mídia.

Sua mensagem principal foi a importância da paz no mundo:

& # 8216Ele pensava que na vida moderna havia uma tendência, até então desconhecida no mundo, de um poder, à medida que se fortalecia, também se tornar mais cuidadoso com os direitos dos outros, ou pelo menos mais relutante em infringir injustificadamente os direitos de terceiros. & # 8217

A parte de trás do emblema presidencial original do Instituto & # 8217 indica quando foi feito pela primeira vez em 1906 e apresentado pelo Major Gratwicke. Foi reemitido para o vice-presidente em 1973, depois que um novo e maior crachá presidencial foi criado para o presidente do Instituto naquele ano.

Prova! Sociedade Britânico-Americana de Peregrinos por Trás de Lenin e do Comunismo

(01 de outubro de 2019) - Nossas descobertas históricas de 120 anos são tão explosivas que ficamos intrigados com a melhor forma de enquadrar a história. Decidimos simplesmente começar a compartilhar essas descobertas da melhor maneira possível e deixar a história contar por si mesma depois de estarmos enterrados por tanto tempo. A verdade encontra um caminho.

Damos as boas-vindas a patriotas de todo o mundo para compartilhar descobertas adicionais como “o centavo cai” (em inglês: A compreensão tardia de algo após um período de confusão ou ignorância). (Phrases.org.uk).

LENIN FOI CRIADA PELOS BRITISH-U.S. SOCIEDADE DE PEREGRINOS

Indo direto ao ponto, nossas novas descobertas provam que a The Pilgrims Society, com suas duas filiais em Londres e Nova York,criadaLenin, bolchevismo, comunismo, social-democracia e currículos universitários de sociologia em todo o mundo (seu campo de recrutamento).

LENIN FOI TREINADO EM LONDRES PELOS FUNDADORES DA SOCIEDADE DE PEREGRINOS - VISITANDO EM 1902-03, 1905, 1908 E 1911

Lenin visitou Londres pelo menos quatro vezes a partir de 1902, quando tinha 32 anos.

A segunda visita de Lenin a Londres em 1905 para 16 Percy Circus, Pancras é a arma fumegante.

LENIN FOI HOSPEDADO EM 1905 POR RADICAL SOCIALISTA LIBERAL MP PHILIP WHITWELL WILSON

Entre 22 de abril e 10 de maio de 1905, Lenin ficou na casa de Londres do parlamentar liberal socialista radical Philip Whitwell Wilson em 16 Percy Circus, St Pancras. Ele estava participando do 3º Congresso do Partido Trabalhista Social-Democrata Russo. Lênin estava sob vigilância constante da polícia secreta do Czar, então Wilson era evidentemente um insider de confiança que lhe proporcionou abrigo seguro sob a proteção do Conselho Privado & # 8217s. Joseph Stalin e Leon Trotsky também compareceram a esta reunião de 1905.

Nós & # 8217 discutiremos Lenin & # 8217s Abril-maio ​​de 1902visita a Londres organizada pelo impressor socialista Harry Quelch em 40 Holford Square abaixo.

Em 1908 (maio), Lenin permaneceu na 21 Tavistock Place. Ele usou a recomendação do impressor Harry Quelch para obter acesso à Biblioteca do Museu Britânico nas proximidades. Em 1911, este endereço foi usado para reuniões de "Barbeiros estrangeiros de Londres", um pseudônimo para os bolcheviques.

Em 1911 (novembro), Lenin ficou em 6 Oakley Square. Ele deu uma palestra que se acredita ter o nome de "Stolypin e a Revolução" no King’s Hall, no East End de Londres. Stolypin foi o primeiro-ministro russo de 21 de julho de 1906 a 18 de setembro de 1911, quando foi assassinado, provavelmente por ordem de Lênin.

A história nos conta que a Revolução Bolchevique foi realizada com relativamente poucas pessoas. Para ajudar o apoio da Pilgrims Society & # 8217s a Lenin, o visconde Alfred Milner viajou para a Rússia na primavera de 1917 sob as ordens do Parlamento para entregar ajuda aprovada ao Czar para lutar contra os bolcheviques, mas Milner traiu o Czar e o Parlamento e se recusou a dê.

É bem sabido que Lenin recebeu financiamento substancial de bancos membros da Pilgrims Society em Londres e Nova York. Oito anos antes, em 22 de junho de 1909, a Pilgrims Society, incluindo Milner, e a recém-formada Empire Press Union haviam recebido o presidente russo e membros da Duma na Câmara dos Comuns -no decorrer a Conferência de Imprensa Imperial. Logo depois que Milner deixou a Rússia na primavera de 1917 - onde se encontrou com a Duma, Lenin chegou de trem a São Petersburgo. Poucos meses depois, o czar Romanov e toda sua família e equipe foram assassinados, desencadeando a aquisição bolchevique. A traição do visconde Alfred Milner e da Sociedade de Peregrinos é bastante evidente.

PRIMEIRA CONFERÊNCIA DE IMPERAÇÃO IMPERIAL, 1909, SHEPHERD & # 8217S BUSH, CIDADE BRANCA - DEMÔNIOS DESCONHECIDOS DE GUERRA, CONFLITO, MORTE E DESTRUIÇÃO

Com este pano de fundo, os eventos em torno da Primeira Conferência Imperial de 1909 assumem um significado sinistro. Além de ser uma farra de demagogia racial imperialista de língua inglesa, a conferência organizou intencionalmente a Empire Press Union (23 de julho de 1909) para dar continuidade à agenda. Ver tb London Times e O Quarto Poder.

Notavelmente, toda a liderança da Conferência de Imprensa Imperial de 1909 e sua descendência, a União de Imprensa do Império, foram TODOS membros fundadores da Sociedade Peregrina e discípulos de Cecil Rhodes e Visconde Alfred Milner.

Executivos da Pilgrim Society da Primeira Conferência de Imprensa Imperial, 1909 (junho 05-28), Shepherd & # 8217s Bush, White City, Londres. Ver Um Parlamento da Imprensa (1909).
1 Alfred Lyttelton
2 C. Arthur Pearson (chefe de Harry Brittain & # 8217s)
3 Conde Arthur James Balfour
4 Conde de Crewe
5 General Lord (Earl) Roberts
6 Harry Lawson (mais tarde Levy-Lawson)
7 Lord Burnham (Edward Lawson, mais tarde Levy-Lawson)
8 Lord Herbert H. Asquith, PM
9 Lord Northcliffe
10 Lord / Earl Cromer
11 Lord / Visconde Alfred Milner
12 MP Philip Whit well Wilson (patrocinador de Vladimir I. Lenin e dos bolcheviques)
13 Sr. Kyffin Thomas
14 Sir Austen Chamberlain
15 Sir Edward Grey
16 Sir Frank George Newnes
17 Sir Gilbert Parker
18 Sir Harry Brittain
19 W.T. Stead (Cecil Rhodes & # 8217 primeiro herdeiro, amante, biógrafo)
20 Winston Churchill, presidente da Junta Comercial
Tabela 1: Todos os executivos da Primeira Conferência de Imprensa Imperial, 1909, Shepherds & # 8217 Bush, White City, Londres (junho 05-28) foram membros fundadores da Pilgrims Society e da Empire Press Union, que foi rebatizada de Commonwealth Press Union, e hoje denominado CPU Trust. Ver Um Parlamento da Imprensa.

UK-U.S. OS JORNAIS TOMARAM INTELIGÊNCIA DO GOVERNO EM JUL. 29, 1909

Se esta história não fosse sombria o suficiente, em 29 de julho de 1909, o primeiro-ministro britânico Asquith anunciou que estava formando subcomitês sob o Comitê de Defesa Imperial - ele os chamou de Defesa Colonial e Defesa Interna (é assim que os britânicos soletram Defesa) , bem como instalações de arquivamento.

A maioria das histórias aponta para este evento de 29 de julho de 1909 como a fundação do MI6, MI5 e GC & ampCS (renomeado GCHQ em 1946).

Asquith até disse ao Parlamento que os subcomitês teriam uma equipe fluida que não necessariamente incluiria membros do Parlamento, e relatariam ao primeiro-ministro (e não ao Parlamento). O mais revelador é que ele disse que contrataria jornalistas do Empire Press Union para suas novas operações de inteligência.

Em suma, jornalistas construído inteligência moderna primeiro na Grã-Bretanha, depois os britânicos usaram sua influência para desenvolver e controlar as contrapartes americanas (C.I.A., FBI e NSA).

Na verdade, em 05 de março de 1946, a Pilgrims Society usou o cansaço da Segunda Guerra Mundial para combinar oficialmente a inteligência do Império Britânico com a inteligência americana (FBI e os recém-formados C.I.A. e NSA) no infame acordo “Five Eyes”. Em seguida, o chefe do Estado-Maior dos EUA, George Marshall, deu luz verde para a troca de quase todas as informações com a Grã-Bretanha, Canadá, Nova Zelândia, Austrália, desde que não infringissem as patentes americanas. . . uma ordem que eles ignoraram grosseiramente.

Visto pelos olhos de um americano constitucional, este acordo & # 8220Five Eyes & # 8221 é traição. No entanto, visto pelos olhos de um membro da Pilgrim Society, foi apenas mais um passo em direção ao governo mundial pelo qual ansiavam desde o Manifesto Cecil Rhodes por um governo mundial anglo-americano de língua inglesa dirigido por corporações não eleitas da Pilgrim Society.

REUNIÃO DE ABERTURA DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA DE IMPERAÇÃO IMPERIAL, JUN. 07, 1909

Agora, com o propósito de dar uma visão geral de alto nível dessas descobertas explosivas, vamos pular para 07 de junho de 1909 e a reunião de abertura e almoço na Câmara dos Comuns dos delegados da Primeira Conferência de Imprensa Imperial, 1909.

TERRENO ZERO PARA O ASSASSINATO DE MAIS DE 260 MILHÕES DE ALMAS PELA SOCIEDADE DE PEREGRINOS

Um registro detalhado da “Primeira Conferência de Imprensa Imperial, 1909” de 5 a 28 de junho de 1909 foi mantido. No entanto, ele havia praticamente desaparecido fora dos fragmentos & # 8220 aprovados & # 8221 em histórias de inteligência de mídia adulteradas. Este é um dos melhores exemplos que os pesquisadores da AFI viram para validar o ditado de que & # 8220 a história é escrita pelos vencedores. & # 8221 Os vencedores neste caso foram os guardiões dos segredos jesuítas da Sociedade de Peregrinos. Esperançosamente, eles estão prestes a começar a perder.

Um Parlamento da Imprensa foi um livro de 248 páginas encadernado e ilustrado de 7-1 / 2 & # 8243 por 9-3 / 4 & # 8243 que foi rapidamente impresso no final da conferência para os 650 delegados levarem para casa.

NOVO !: UM EXCLUSIVO AFI
Leia a transcrição real dos procedimentos desta conferência de recrutamento de espiões da Pilgrim Society Imperial Press de 1909 que foi enterrada na história e recentemente descoberta por pesquisadores da AFI em um depósito de biblioteca de uma universidade do Meio-Oeste alavida real Indiana Jones: Thomas H. Hardman, ed. bar. (Junho 05-26, 1909). UM PARLAMENTO DA IMPRENSA & # 8211 A PRIMEIRA CONFERÊNCIA IMPERIAL DE IMPRENSA, 1909, ilustrado, com prefácio de The Earl of Rosebery, K.G. Londres: Horace Marshall & amp Son (150 MB). Faça o download e distribua amplamente. Os historiadores que entrevistamos dizem que essa informação suprimida reescreverá os livros de história moderna nos séculos 20 e 21 no que diz respeito ao controle total dos jornais e da mídia sobre a inteligência governamental, corporativismo e propaganda totalmente fascistas.

Como uma cena de Indiana Jones, Pesquisadores da AFI na vida real descobriram uma cópia deste livro escondido no depósito externo da biblioteca de uma universidade proeminente do meio-oeste. O livro estava em perfeitas condições e parecia nunca ter sido lido.

"SR. P.W. WILSON ”FOI UM DOS“ PRINCIPAIS MOVEDORES ”DA CONFERÊNCIA

CAPÍTULO IV. ABERTURA DA CONFERÊNCIA (07 de junho de 1909), pp. 43-44 identifica o Sr. P.W. Wilson como um dos & # 8220prime movers & # 8221 da primeira reunião e almoço na Câmara dos Comuns. O outro & # 8220prime mover & # 8221 foi Sir Gilbert Parker, que posteriormente alvejou a propaganda contra a América para o British War Propaganda Bureau (Wellington House, 1914-1916).

“O Presidente da Câmara (o Exmo. JW Lowther) presidiu, e a empresa incluiu, além dos já mencionados, o Sr. L. Harcourt, o Sr. Sydney Buxton, Lord Courtney, Earl Winterton, Sir G. Robertson, o Conde de Ronaldshay, Sir Benjamin Stone [fotógrafo], Sir Gilbert Parker [chefe de propaganda de 1914-1916 visando os EUA], Sr. P. Snowden, Sr. WP Byles, Sr. McKinnon Wood, Sr. RC Lehmann, Sr. PW Wilson, Sr. JH Yoxall, Sir Charles Dalziel, o Serjeant-at-Arms (Sr. HD Erskine) e vários jornalistas representativos do Pressione Galeria.

Foi recebido um telegrama do Sr. Balfour, lamentando sua impossibilidade de comparecer.

Após este almoço, os principais impulsionadores foram Sir Gilbert Parker, M.P. (nascido no Canadá e, ao mesmo tempo, jornalista australiano) e o Sr. P.W. Wilson, MP, os delegados foram levados à Galeria da Câmara dos Comuns e passaram uma hora agradável observando a Mãe dos Parlamentos em ação. ”

Estranhamente, embora P.W. Wilson, MP e Sir Gilbert Parker foram "os impulsionadores" nestes procedimentos da Câmara dos Comuns, nenhum dos dois foi devidamente identificado na legenda da foto do livro & # 8217s.

Na verdade, Wilson é o 4º da esquerda na Segunda Linha e Gilbert é o 3º da esquerda, conforme confirmado por uma Arquivescopia Parlamentar de alta qualidade das fotos originais usadas para o livro.

Curiously, in the A Parliament of the Press book, Parker’s and Wilson’s names are totally mislabeled as “W.S. Douglas” and “M. Cohen.” The evident conclusion is that these two “prime movers” of the first day of the most important press conference in the history of the British Empire were obscured intentionally due to their secret Pilgrim Society intelligence and propaganda activities.

While we have yet to find Wilson on a Pilgrims Society list, all his friends and colleagues are founders. One thing is certain, if he was not a member, then he was their trusted valet. We think the former.

History is deafeningly silent about Wilson, apart from news reports of his speeches in American from 1917 to 1956. His 49-year absence from the history of intelligence and media propaganda speaks volumes in itself. In fact, less is said about Wilson than the early directors of MI6, MI5, C.I.A., NSA, FBI and GCHQ—all spawns of the Pilgrims Society.

PHILIP WHITWELL WILSON: “THE NAME THAT CANNOT BE NAMED.”

One can reasonably conclude that Wilson was so important to the British control of the American media, intelligence and politics that he was (and still is) “the name that could not be named.”

Since Wilson died long after WWII, it is quite possible that he was Sir William Stephenson’s (codename: Intrepid) handler during WWII in New York where Wilson used O jornal New York Times as his cover while Intrepid worked from 30 Rockefeller Center. The Rockefellers were also founding members of the Pilgrims Society and financial backers of the Tavistock Institute (for psychological propaganda).

In 1909, P.W. Wilson was a member of Parliament as well as parliamentary correspondent for the London Daily News (1907-1917). From 1917 until his death in 1956, Wilson was the American correspondent for both London Daily Newareia New York Times, as well as president of the Association of Foreign Press in the U.S.

WILSON BOASTED TO A NEW JERSEY NEWSPAPER IN 1927, LEAVING STRONG CLUES TO HIS REAL IDENTITY AND MEDIA/INTELLIGENCE INFLUENCE

On Sep. 28, 1927, in a biography Wilson provided to the press as an editor for O jornal New York Times(likely cover for MI6), Wilson boasted that he was so close to American presidents (Wilson, Harding, Coolidge and Roosevelt) that he was called to Teddy Roosevelt’s deathbed where the dying president allegedly “thanked him for his services to the cause of international friendship.”

Who on their deathbed would pander to such socialist claptrap? Likely nobody. The Pilgrims Society’s one-world government propaganda knickers are showing in this disingenuous boasting.

With this background at the London Daily News e O jornal New York Times we can look back with fresh eyes at Wilson’s activities in 1905.

WHO WAS SOCIALIST LIBERAL MP PHILIP WHITWELL WILSON? A PROPONENT OF THE SOCIALIST SETTLEMENT MOVEMENT

In the first decade of the 20th century, Wilson was well known as a radical socialist MP who strongly supported the Settlement Movement—one of the precursors of communism. It promoted egalitarian communities directed by a master.

John Ruskin is considered by many to be the father of the settlement movement. Alfred Milner and Cecil Rhodes were among Ruskin’s admirers. Many of his ideas are embodied today in definitions of the welfare state. His ideas about a universal income sound quite contemporary to some current Democratic candidates for U.S. President. Also notable was Ruskin’s well known promiscuity and likely pedophilia—which appears to be a ticket to the dance for British elitists.

The British Zionist Kibbutz (Israel) settlement movement traces its roots (ca. 1880-1920) to Ruskin, Milner and Rhodes. In their emerging philosophy of Empire, socialism/communism/kibbutz, and strict control limiting the resources consumed by the masses, was promoted while the enlightened classes ruling over them were to live in luxury as a sort of secular divine right.

They argued that this racist white supremacy was just the natural order of things. Ruskin borrowed heavily from models of Christian community while rejecting Christ’s teachings on love in favor of “social justice” as society’s driving moral force, with his followers being the hammers to subdue the masses.

Wilson’s proven association with Lenin during Lenin’s formative political years, and Lenin’s embrace of communism/Leninism, is prima facie evidence that Wilson’s colleagues in the Pilgrim Society were directing and financing Lenin and the Bolsheviks.

Earlier, during Lenin’s 13 months stay in London between Apr. 1902 and May 1902, he was hosted by the socialist printer Harry Quelch at 30 Holford Square. Lenin used the pseudonym “Jacob Richter” in his home. As an example, he advertised for English-Russian language lessons as “J. Richter” with reply to the 30 Holford Square address (see actual ad below). In 1920 Quelch’s son Tom Quelch would become a founding member of the Communist Party of Great Britain.

Then, as stated earlier, between Apr. 22 and May 10, 1905, Lenin stayed in the home of radical socialist Liberal MP, Philip Whitwell Wilson.

Fig. 7Pilgrim Society Logo. Founded on Jul. 16, 1902 by Sir Harry Brittain and General Lord Frederick Roberts. Both Brittain and Roberts were close associates of Cecil Rhodes and Viscount Alfred Milner in South Africa during the Second Boer war. They were certainly complicity in the murder of over 30,000 whites and blacks in the Milner Concentration Camps, including over 14,000 children.

Brittain and Roberts were also delegates to the First Imperial Press Conference, 1909.

HIC ET UBIQUE is Latin meaning::
“HERE AND EVERYWHERE”
Source: Pilgrim Society.

On Jul. 16, 1902, Sir Harry Brittain and General Lord Roberts formed the British-American Pilgrims Society of Great Britain. At the same time, between Apr. 1902 to May 1903 (13 mos.), Vladimir Lenin was living in socialist printer Henry Quelch’s house. Quelch’s son later founded the British Communist Party at that address.

In 1903, the American chapter of the Pilgrims Society was founded in New York.

The Pilgrims evidently groomed Lenin and the Bolsheviks to carry out their plan to take down the Czar and establish Russia with their newly-minted communist ideology.

In 1905, Philip Whitwell Wilson obviously felt safe enough in his Pilgrims Society protection to host Lenin, Stalin and Trotsky at the 3rd Congress of the Russian Social Democratic Labour Party.

In 1908, Lenin returned to 21 Tavistock Square, the site of the first meetings of the ‘Foreign Barbers of London’, a pseudonym for the Bolsheviks. This part of London housed the newly-formed Tavistock Institute in 1946 (funding by the Pilgrims Society members like the Rockefellers and Carnegies) where some of the most heinous brainwashing research in the world today takes place. The apple still does not fall far from the tree of these evil vibrations.

In 1909, the Pilgrims Society organized an unprecedented gathering of newspapermen from across the Empire to imbue their megalomaniacal notions of imperialism upon the unsuspecting delegates, who were overwhelmed at the flattery and attention. The crowning achievement was the formation of a “permanent” Empire Press Union that became the clearinghouse for all intelligence and propaganda . . . to this day. Indeed, delegates were recruited to form MI5, MI6 and GC& CS.

In 1911, Lenin returned again to London to give a lecture on the recent assassination of Russian Prime Minister Stolypin a month earlier (very likely ordered by Lenin and the Pilgrims Society).

These facts show an unmistakable association among Lenin, Wilson, the Pilgrims Society, the Empire Press Union, MI6 and the emergence of the global newspaper-led propaganda machine in both Britain and America.

They reveal a common thread to the radical leftist agendas of the American Uniparty and the British Remainers. Their heritage with Vladimir Lenin makes them unmistakably Communist.

It is pretty clear that the current agenda of the Pilgrims Society is One World 3.0. Their first attempt in Russia failed, as did their second failure in Germany and Italy. Now, in One World 3.0 they want a corporate imperialism according to Cecil Rhodes’ Manifestowhere the masses are boxed in and restricted by communism while the elites rule from exquisite bunkers of wealth and privilege. In the Soviet period, they even had their own dollar stores called “Beriozkas” in the U.S.S.R. and “Pewex” in Poland. If these sound attractive, just ask anyone who lived in that period. They will tell you sad and often humorous stories of the yo yo of want and excess that these stores created because the state-run suppliers just never seemed to have control of their inventories.

One thing is certain, The Pilgrims Society, global surveillance, propaganda and continuous war, Vladimir Lenin and Bolshevism were cut out of the same cloth.

That cloth must be unraveled if the world is ever going to have a chance at more peaceful lives where war is no longer a requirement for prosperity, and where the Golden Rule prevails.

We can and must dis-empower these ancient oligarch families whose fortunes are steeped in ritual sin and murder.

Notices: This post may contain opinion. As with all opinion, it should not be relied upon without independent verification. Think for yourself. Photos used are for educational purposes only and were obtained from public sources. No claims whatsoever are made to any photo.

Click “N comments:” on the line just below this instruction to comment on this post. Alternatively, send an email with your comment to [email protected] and we’ll post it for you. We welcome and encourage anonymous comments, especially from whisteblowers.

REMINDER RE. THE MILLER ACT NOTICE

Leader Technologies, Inc. sent their FIRST AMENDED MILLER ACT NOTICEto President Trump today. It is a contract demand for the U.S. Treasury to pay them for the federal government’s 18-year theft of their social networking inventions. These inventions were stolen by Major General James E. Freeze (US Army, ret.) and Leader’s patent attorney James P. Chandler, III, on behalf of Andrew W. Marshall and the Department of Defense Office of Net Assessment that steals and weaponizes inventions for continuouswar making and enrichment of its fascist insider military-industrial corporations.

Patriots are encouraged to help get this First Amended Miller Act Notice to President Trump and past the Praetorian Guard. Ver American Intelligence Media republish of the Leader Miller Act Notice.


Assista o vídeo: Next Generation of Harry Potter game day. Scose Scorpius x Rose love story ep 2